segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Que venha fevereiro


Que venha fevereiro, o mês é pequeno,
mas inteiro.
De sol mais ameno do que janeiro,
é festeiro.
Depois das máscaras, entre cinzas, caídas,
a reflexão para qualquer idade...
E se houver saudade da alegria ida,
cabem ainda, aqui e ali, um abraço,
a saudação à vida, e às águas de março,
que logo virão...