quarta-feira, 13 de junho de 2012

Tarde demais

Tiveste tudo:
o amor desmedido,
a ternura infinita,
o arroubo, a entrega,
a poeta e a poesia ...
Deste em troca:
um tempo sem tempo,
a indiferença ferina,
as migalhas das horas,
nas promessas vazias.
Agora imploras:
o amor devotado,
os versos inspirados,
a poeta e a poesia...



Nenhum comentário:

Postar um comentário