quarta-feira, 30 de maio de 2012

Diferenças abissais

Não busquei em você

a semelhança do espelho,

mas nossas diferenças

eram abissais!

Sei que na discórdia

também se cresce,

não nas discordâncias totais.

Até que passou, como tudo passa...

Entre o quase nada

e o tanto faz sem-graça e amarelecido

que ficou, sopram-me a paz,

o alívio e nenhuma vontade

de voltar atrás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário